Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘facebook’ Category

floradas

Plantei A para colher amoras, florou laranja. Tentei B para buganvílias, recolhi lagartos. Do C esperava cravos, aqui gerânios. Com urtiga que brotou do O preparei unguentos com U e os espalhei na pele de lascívia e de Lorena, um amor de lá; imenso Z de ilusão.

Read Full Post »

Rico, o cachorro da Silvia, mordeu o dedão do seu pé esquerdo pra defender um osso caído no chão. A unha, lua branquinha desse dedo, virou, na hora, quarto minguante.

Depois do Pronto-Socorro, ela tem uma lua nova no dedão do pé esquerdo. No direito continua lua cheia.

Rico não uiva porque há séculos deixou de ser lobo e já não entende de luas. Apenas de ossos e silvias.

Ainda assim, continua enluarado; a Silvia foi quem falou.

Read Full Post »

Ontem à noite fui abduzido pelo passado, e ele, vívido, botou no mesmo site toca-disco e Ipod, tocantins e são paulo, encontros à mesa de jantar e encontros virtuais.

Pensei em Rilke: eu sou uma árvore ante o meu cenário.

Read Full Post »