Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2013

Dentro de exatamente um mês será lançado meu novo livro: O Beijinho e Outros Crimes Delicados. Dia 31 de agosto, à tarde, na mesma Martins Fontes da avenida Paulista onde, um ano e meio atrás, tomamos aquele banho de rio.

Anúncios

Read Full Post »

Mera meia soquete

Cinta-liga, pochete

Mastigar o chiclete

A velhinha coquete

A careca, o topete

O coxinha, o croquete

A rainha, o valete

o pé com joanete

A madame, o pivete

O beijinho, o bofete

 

Se cair na internet

Vira tudo manchete

Read Full Post »

beleza

Olhava encartes de LPs antigos, e brinquedos. Semana passada, umas cambraias guardadas na arca de couro e  xícaras de beiço fino. A camisola bordada a mão pela avó, que a irmã vestiu no batizado, uma fotografia da árvore de natal com bolas, sinos, aladins e lâmpadas translúcidas, naquele material que, caído, estilhaçava no chão.

Não há dúvida: viver ficou mais concreto, mas a beleza perdeu filigranas.

Read Full Post »

o fio

As Parcas são três deusas chamadas de Moiras, cujos nomes são Clotó, a que fia, Láquesis, a que determina o comprimento do fio, e Átropos, a que corta o fio da vida.

A vida é meramente uma precipitação (um calefrio, hipertermia) da eternidade. Relâmpago riscado a giz por mão assustadoramente veloz.

Read Full Post »

janela

84 anos, primeira consulta comigo. Articulada e atenta. Lá pelas tantas percebi que fazia uso de uma medicação antipsicótica.

– Faz tempo que a senhora usa esse remédio?
– Uns seis meses.
– E por que, exatamente?
– Meu juízo fugiu e me deixou maluquinha dentro de casa. O remédio foi atrás, trouxe ele de volta, mas de vez em quando ele ainda escapa pela janela.
– O que a senhora acha de fechar a janela?
– Dá muito certo não, doutor, porque eu não aguento ficar o tempo todo com o juízo dentro da cabeça.

Nem eu.

Read Full Post »